Como escolher um curso de culinária?

Escolher um curso de culinária pode não ser uma tarefa das mais fáceis. Afinal, existe uma grande variedade de opções disponíveis no mercado e é preciso levar muita coisa em consideração.

 

Dessa forma, o ideal é pesar muito bem essa decisão para não se arrepender depois de investir um bom dinheiro em um curso e se decepcionar.

 

Pensando nisso, hoje trouxemos uma série de dicas para ajudar você, que ama cozinhar, e que quer aprimorar seus conhecimentos e técnicas.

 

Assim, seja para seguir uma carreira profissional, conseguir uma renda extra ou ser o melhor cozinheiro amador possível, você vai saber como escolher seu curso com segurança.

 

Portanto, não deixe de ler até o final para não perder nada interessante!

 

Como escolher um curso de culinária: livre ou superior?

https://br.freepik.com/fotos-gratis/homem-que-cozinha-espaguete-da-massa-em-casa-na-cozinha-conceito-de-culinaria-caseira-ou-italiana_9374721.htm

 

Primeiramente, é importante dizer que existem cursos superiores voltados para a culinária, como o de gastronomia e nutrição, por exemplo. Sendo assim, se você pretende seguir uma carreira sólida como chef de cozinha, pode optar por um desses.

 

Esses cursos são, em muitos pontos, iguais a qualquer outro curso universitário. Ou seja, você faz aulas teóricas e práticas, ministradas por professores qualificados. Além disso, também passa por avaliações periódicas e é preciso atingir as notas mínimas para ser aprovado. Depois, no fim do curso, você precisa fazer um trabalho de conclusão, que geralmente é bastante complexo. Porém, você também pode optar pela compra de monografia e TCC, se quiser facilitar.

 

Portanto, o primeiro ponto que você deve decidir é se quer fazer um curso livre, ou prestar vestibular para se formar em algum curso superior de culinária. Depois disso, os pontos que você deve analisar são os mesmos, seja qual for sua decisão nesse sentido.

 

O que analisar na hora de escolher um curso de culinária?

O mercado está cheio de boas opções de cursos de culinária. Assim, essa variedade toda é positiva, claro, pois permite que você escolha aquele que melhor se enquadra em suas expectativas.

 

Por outro lado, isso também pode dificultar um pouco a decisão, uma vez que há muito o que analisar. Assim sendo, veja a seguir algumas coisas que você deve avaliar antes de se decidir.

Defina seus objetivos

O que você espera alcançar com um curso de culinária? Você quer aprender a cozinhar pratos básicos? Você quer aprender a cozinhar uma determinada cozinha? Pretende aprender a cozinhar para ocasiões especiais?

 

Faça todas essas perguntas a si mesmo. Aliás, uma dica é colocar no papel todas as questões e ir respondendo uma a uma. Dessa forma, você poderá cruzar as respostas posteriormente com as avaliações dos cursos e ver qual se alinha melhor com suas expectativas.

 

Uma vez que você saiba o que você quer alcançar, poderá começar a restringir suas opções.

Considere seu nível de experiência

 

Se você é um iniciante, pode querer escolher um curso que seja adequado para o seu nível de experiência. A saber, existem muitos cursos disponíveis para quem é inexperiente na cozinha, e que ensinarão as bases da culinária.

 

Entretanto, se você já tem alguma experiência na cozinha, você pode escolher um curso mais avançado, que ensinará técnicas mais complexas. Além disso, pode ser que você já trabalhe com gastronomia, por exemplo, e queira apenas uma forma de comprovar sua experiência, por meio do certificado do curso.

 

Então, analise qual seu grau de afinidade com a cozinha e, com base nisso, ficará mais fácil escolher um curso de culinária perfeito.

Pesquise os diferentes tipos de cursos

Existem muitos tipos diferentes de cursos de culinária disponíveis, incluindo cursos de culinária geral, cursos de culinária específica (por exemplo, cozinha francesa, cozinha italiana, culinária asiática) e cursos de confeitaria.

 

Desse modo, escolha um curso que seja do seu interesse e que atenda às suas necessidades. Uma das dicas mais importantes nesse sentido é escolher algo que você goste.

 

Por exemplo, se você ama fazer doces e bolos, um curso de pâtisserie pode ser ideal para você. Em outras palavras, você pode escolher aprender ou aprimorar suas técnicas culinárias naquilo que gosta de cozinhar.

 

Já ouviu a frase “trabalhe com o que você ama e nunca mais você vai trabalhar”? Embora pareça um clichê, ela é muito verdadeira e você deve levar a sério suas preferências na hora de escolher um curso de culinária.

Leia as avaliações de outros alunos antes de escolher um curso de culinária

Uma vez que você encontrou alguns cursos que lhe interessam, procure saber as avaliações de outros alunos. Isso pode ajudá-lo a ter uma ideia do que esperar do curso e se ele é adequado para você.

 

Se o curso é online, busque as avaliações deixadas pelos usuários. Enquanto isso, se é presencial, converse com quem faz o curso e pergunte sobre as impressões acerca dos professores, dos métodos, resultados, etc.

Visite a escola de culinária

Caso o curso seja presencial, se possível, visite a escola de culinária antes de se inscrever. Afinal, isso lhe dará a oportunidade de ver as instalações, conhecer os professores e fazer perguntas sobre o curso.

 

Você também pode avaliar a reputação da escola de culinária através de sites como o Reclame Aqui, por exemplo.

Pesquise sobre os chefs que ministram o curso

Uma das coisas mais importantes em um curso são os professores. E no caso dos cursos de culinária, geralmente eles são ministrados por chefs.

 

Então, busque saber sobre a carreira e a reputação deles, se realmente têm experiência, se já ganharam prêmios de reconhecimento, onde se formaram. Enfim, busque levantar o máximo de informações possível sobre seus futuros professores em potencial.

Avalie o preço para escolher um curso de culinária

 

Por fim, mas não menos importante, leve em consideração a mensalidade e o custo total do curso. Afinal, nunca é bom assumir um compromisso financeiro acima das suas posses.

 

Além disso, lembre-se de que nem sempre o que é mais caro é, necessariamente, melhor. Por outro lado, não coloque o preço baixo como prioridade, pois pode ser que um curso muito barato não traga os resultados que você espera.

 

De todo modo, o ideal é pesar o custo-benefício. Então, escolha o melhor curso possível dentro do que você pode pagar.

 

Gostou dessas dicas de como escolher um curso de culinária? Agora coloque todas elas em prática e tome a melhor decisão baseada nelas!